Skip to content

PROMOÇÃO: MENINAS RIDÍCULAS + CHE PECCATO!

Agosto 18, 2009

PROMOÇÃO

Sem dúvida o mais delicioso
e perdoável pecado é o da gula.
Atire a primeira pedra quem não tem lembranças associadas a deliciosos sabores. Aquele bolo que sua avó preparava
com um cheirinho irresistível. O dedo na borda da batedeira para experimentar a cobertura.
A visão fumegante na saída do forno, não dava tempo nem de deixar esfriar, apesar das advertências.
Nenhuma sensação era tão incrível.
Quem não se lembra também da bagunça na cozinha fazendo brigadeiro com os amigos. Os sorvetes então,
são um capítulo a parte: enormes, cheios de cobertura e tentações. A melhor hora da refeição, claro,
a sobremesa. Doces, balas, chocolates e guloseimas.
Pensando assim, nos conte uma história relacionada ao pecado da gula ! Pode ser uma história engraçada, sem graça, triste, feliz… tanto faz! Contanto que seja uma história interessante!
DUAS das melhores histórias concorrerão a uma caixinha com 2 cupcakes GIGANTES nos sabores: TSUNAMI!, BRIGADIERI!, NUTELLA! e VULCANO!
A promoção começa hoje: 18/08/2009 e vai até o dia 28/08/2009.
Os critérios para classificar a melhor história não são fixos, sendo assim, não há regras para as histórias. A história que for mais tocante para nós do Menina Ridículas e da Che Peccato serão classificados.
QUEM RESISTIR A ESTE PECADO, NÃO É NORMAL!!!

Sem dúvida o mais delicioso e perdoável pecado é o da gula.

Atire a primeira pedra quem não tem lembranças associadas a deliciosos sabores. Aquele bolo que sua avó preparava  com um cheirinho irresistível. O dedo na borda da batedeira para experimentar a cobertura. A visão fumegante na saída do forno, não dava tempo nem de deixar esfriar, apesar das advertências. Nenhuma sensação era tão incrível.

Quem não se lembra também da bagunça na cozinha fazendo brigadeiro com os amigos. Os sorvetes então, são um capítulo a parte: enormes, cheios de cobertura e tentações. A melhor hora da refeição, claro, a sobremesa. Doces, balas, chocolates e guloseimas.

Pensando assim, nos conte uma história relacionada ao pecado da gula ! Pode ser uma história engraçada, sem graça, triste, feliz… tanto faz! Contanto que seja uma história interessante!

DUAS das melhores histórias concorrerão a uma caixinha com 2 cupcakes GIGANTES nos sabores: TSUNAMI!, BRIGADIERI!, NUTELLA! ou VULCANO!

CHE PECCATO FOTOS

  • BRIGADIERI! – Cupcake de chocolate. Recheio e cobertura de brigadeiro: está bom ou quer mais?
  • NUTELLA! – Sabor inigualável: massa de chocolate amargo, recheio e cobertura de Nutella.
  • TSUNAMI! – Exagerada cobertura de marshmallow e chocolate, em uma massa de amêndoas.
  • VULCANO! – Estupendo Cupcake de amaretto, com recheio  e cobertura de chocolate belga.

A promoção começa hoje: 18/08/2009 e vai até o dia 28/08/2009. As histórias serão aceitas até o dia 27/08/2009!

Os critérios para classificar a melhor história não são fixos, sendo assim, não há regras para as histórias. A história que for mais tocante para nós do Menina Ridículas e da Che Peccato serão classificados. Na hora de enviar seu texto, por favor, não se esqueça de também colocar um email para contato!

Você pode visitar o site http://chepeccato.com.br para fazer pedidos, caso não tenha paciência para concorrer e não resista ao delicioso pecado da gula!!!!

QUEM RESISTIR A ESTE PECADO, NÃO É NORMAL!!!

Uma parceria Che Peccato e Meninas Ridículas!

13 comentários
  1. Pabline permalink
    Agosto 19, 2009 10:33

    NOSSA!! Que tentacao!! Deu agu na boca so de olhar esse doce, imagina quando experimentar entao….pena que acho dificil de participar,ate chegar na minha cidade já derreteu tudooo…mais nao custa tentar…bjos

  2. Jamila Paiva DE Oliveira Rocha permalink
    Agosto 19, 2009 16:32

    Minha história de “gula” é seguinte. Sempre fui louca por yakult e tinha aquela curiosidade será que é tão bom assim porque o potinho é tão pequeno.Convivi bem com essa cruel questão até conseguir um emprego em um supermercado, quando um belo dia fui tomar café e tinha pacotes e pacotes de yakult de graça para os funcionários( porque estava perto do prazo de validade), não tive dúvidas peguei um copão e completei até a borda só de yakult, sobre o olhar curioso de todos os colegas rsrsr. Conclusão não sei se enjoei mas é bemm melhor no potinho mesmo e ainda tive que ouvis piadinhas o resto da semana rsrs a menina Yakult.

  3. Draccelli permalink
    Agosto 19, 2009 20:35

    Nada melhor que eu para deixar minha história! Quem me conhece sabe..meus apelidos..draga e etc..(rsrs)
    Bom vamos a história!Qdo eu era pekena na minha casa as coisas eram sempre contadas, tinha sempre um limite de doce para pegar, td escondido,então qdo ia a casa de alguem fikava sempre olhando e sentia maior vontade…fui crescendo e em casa minha mae faz mais legumes…tanto que no meu atual serviço meu apelido antes era inhame, jiló, quiabo kkkk. E o pior é que atualmente meu pai tem uma padaria e o que ele traz para casa é pao duro, coisas de dias atras parece ate mentira mas não é, até tem 2 grandes coisas que aconteceram, a primeira foi qdo ele trouxe em casa um monte de trakinas nossa fikei super feliz, mas qdo comi vi que estavam murchas foi daí que vi que estavam vencidas! =/ a outra parte foi outro dia que no café da manhã tinha esfihas em cima da mesa..meu olho cresceu =O mas estavam boas!!!olha só..fui trabalha e qdo xeguei para almoçar minha mãe falou quem comeu as esfihas da mesa? eu falei : Eu mãe estavam boas! e ela respondeu essas esfihas eram para os cachorros …depois dessa né fazer u que…mas graças a esse estilo de vida meio doido eu COMO DE TUDO…fazem barulhinho em saquinho to olhando…oferecem uma vez to pegando..e se eu nao pegar na primeira..nao fale denovo!rsrsr
    Então é isso mionha gula é por tudo rsrs

  4. Orlando permalink
    Agosto 19, 2009 22:05

    Sempre gostei muito de doces, principalmente os que tinham côco!!
    Certo dia cheguei em casa, morrendo de vontade de comer um docinho! Cheguei em casa, corri pra cozinha e me deparei com uma montanha de dois tipos de côco ralado, queimado e branco… primeiro senti o cheiro e me aguçou mais ainda a vontade…

    Peguei um punhado do coco branco na ponta dos dedos e NHAC, coloquei tudo na boca…
    SÓ QUE… não era côco de verdade… e sim barras de sabão de côco ralados que minha mãe havia ralado para fazer sabão-não-sei-para-o-que!!!

    Além da boca queimada por causa do ácido, precisei ficar ouvindo a zoação da familia toda, escuto ainda, e olha que essa história já aconteceu há mais de 10 anos!!!!!

    Imagina se o pecado da gula é irresistível ou não?

  5. Agosto 20, 2009 13:02

    Olá!
    Minha história ficou um pouco comprida! posso enviar por e-mail? qual endereço?
    beijos!

  6. Lexa permalink*
    Agosto 20, 2009 13:21

    Pode sim, claro!!!
    envia pra: somos.ridiculas@gmail.com

    ESTAMOS AGUARDANDO SUA HISTÓOOORIA! =)

  7. Agosto 20, 2009 22:49

    Já mandeeei! =))

  8. Agosto 22, 2009 09:35

    Quando eu era pequena, adorava bolo de chocolate!! Gostava mesmo. Entretanto, como estava gordinha, minha mãe começou a limitar a entrada daquela iguaria das guloseimas para dirrimir o aumento de peso. Eu estava, então, com 9 anos de idade e era uma moleca rechonchuda e louca por chocolate. Na minha casa, a cozinha era separada da sala por uma parede enorme e uma porta, ambas intransponíveis (para a cabeça de uma criança). Numa tarde, minha avó e mãe conversavam alegremente na sala, eu me aproveitei da parede e da porta e me tranquei na cozinha. A idéia?! Fazer, eu mesma, o meu próprio bolo de chocolate. Lá fora, minha mãe e minha avó suplicavam, preocupadíssimas, para que eu abrisse a porta. Mas eu resisti bravamente. Fiz todo o bolo (mas esqueci de bater as claras em neve rsrsrs), coloquei um montão de chocolate e, quando foi a hora de ligar o forno, abri a porta para que minha mãe o fizesse – tudo isso com a cara mais deslavada do mundo, aquela de quando a gente diz: “fiz mesmo, vai encarar?!?!?” . Alguns anos depois ela me confessou que até quis brigar comigo, mas o orgulho por eu ter feito meu primeiro bolo sozinha foi maior. Graças a Deus eu ainda lembro que, apesar de não ter batido as claras em neve, o bolo ficou fofinho e com gosto mesmo de chocolate. hummmmmmmmmmmmm!!

  9. Agosto 23, 2009 12:40

    Protesto!
    PRazo para envio das histórias foi muito curto (rs)…injusto!

    Bjs e boa sorte a todas!

  10. Patricia permalink
    Agosto 24, 2009 15:43

    Meninas cade minnha historia, acabei de mandar no email de vcs, podem verificar?

    Bjao

  11. Lexa permalink*
    Agosto 24, 2009 15:55

    Oiiiiiiiiii querida.. já recebemos a sua história e está valendo para a promoção…
    e prometemos não rir do que vc contou tá? rsrsrs

    bjs

    Lexa

  12. Agosto 26, 2009 12:30

    Uhmm Pecado da gula?
    Acho que a minha pior história foi quando eu tirei uma trotinha de morango da mão do meu irmão quando ele tinha uns dois aninhos…
    Hehehehe
    Não foi maldade… Foi instinto.
    Nesse dia minha mãe compro uns doces, sabe pra mimar um pouco os filhos. E eu e meus dois irmãos (o mais velho com 14, eu com 10 e o menor com 2) estavamos dividindo varios docinhos tipo: brigadeiro, casadinho e a famigerada tortinha de morango!
    Eu tinha só 10 anos e a gula já tava batendo forte. Quando eu vi que meu irmãozinho ia pegar a tortinha eu gelei… Por que QUERIA MUUUITO.
    Tadinho a hora que ele pegou a tortinha eu pulei por cima dos doces e arranquei da mão dele.
    Minha mãe começou a gritar comigo mas não deu nem tempo. Eu enfiei tudo na boca! Quase tudo por que a tortinha despedaçou.
    Levei uma baita bronca da minha mãe, traumatizei meu irmão mais novo e o mais velho me zoa até hoje! Mas pelo menos comi a tortinha!

    Beijooo!

  13. Pabline permalink
    Agosto 26, 2009 21:22

    Bom, tenho uma historia nao muito gostosa pra contar mais que na epoca eu achei o maximo ( menina pequena acha tudo o maximo)..
    Certa vez estava brincando em casa com uma prima e me deu vontade de comer algo doce (novidade), minha prima ate que nao sentiu vontade mais eu sou ate hoje pior que gravida pra ter desejo por doce…lembro direitinho, abri a geladeira e NADA de doce, nem os caseiros que minha avó tem costume de fazer tinha, poxa fiquei decepcionada, dai foi qdo tive uma BRILHANTE ideia (prestem atençao) molhei algodao na agua e depois no açucar pra virar ALGODAO DOCE…Tem base??? Gente eu tinha 10 anos de idade e isso marcou tanto minha vida, voces nao tem noçao da surra que levei da minha avó!!! E sem falar que eu poderia ter morrido, sei lá o que poderia ter acontecido..enfim, loucura por doce tenho demais, alias nao ofereço pedaço de doce, chocolate pra ninguem, como sozinha…
    Enfim, essa foi a unica historia louca que lembrei…

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: