Skip to content

Dia de esportes..

Fevereiro 3, 2009

Esse esporte AINDA não pratico, uma vez que há um ano atrás cai de patins (sim, andava de patins) e quebrei a cabeça do rádio (o cotovelo) e quase precisei de cirurgia, fiquei meio traumatizada (mesmo depois de tantas fraturas) mas mesmo assim estou pensando na possibilidade de praticar esse esporte radical, conhecido como: CARVEBOARD!!! ou somete Carve (pronuncia-se CÁRVE)

Esse é o video de um dos caras que trouxe o carve pro Brasil… assistam, é mto legal!

continuação:

Se você ainda não ouviu falar eu vou te falar o que é!

É uma prancha com rodas de borracha … simples assim… é um skate em tamanho gigante!!! Mas para andar não é como o skate convencional, não… primeiro que você não anda no plano, e sim em LADEIRAS… segundo que o movimento do skate não é reto e sim em 8 e em terceiro lugar que para pegar impuso você tem que abrir beeeeeeem as pernas para não enroscar nas rodinhas…. É inspirado no surf e nos movimentos da prancha sobre as ondas… e por isso o movimento em 8!

Toda a atenção para andar de CARVE é pouca uma vez que a velocidade atingida é relativamente alta, podendo atingir até 25km/h

Meu noivorido e seus amigos andam no bendito CARVE e esse final de semana um deles quebrou o joelho, por causa de uma manobra, e ladeira, arriscadas! Pra quem pratica o prazer é indescritivel. Mesmo quando um se machuca… 

Acidentes são inevitáveis, uma vez que o movimento não depende exclusivamente de você, aliado ainda à velociade e inclinação do campo. MAS É UM ESPORTE DELICIOSO.

Lugares onde os praticantes do carve frequentam em São Paulo são:

  • Praça Vinicius de morais – morumbi
  • ruas do bairo do morumbi
  • Jardim do Museu do Ipiranga – Ipiranga
  • Praça do por do sol – pinheiros
  • entre outros!

Eu já tentei descer uma ladeira com o carve, mas oh, cá entre nós, pra iniciantes o ideal é começar com ladeiras menos ingrimes pq o negócio é tenso… e tanto pra iniciantes quanto pros pró. o mais que indicado é usar todos os equipamentos de segurança possiveis (menos o plástico bolha) pq as quedas normalmente são bem doloridas!!!

 

Pra quem quer saber mais visite os sites abaixo:

ou mesmo pesquise no orkut!

 

beijos

 

Lexa

One Comment
  1. roberta permalink
    Fevereiro 3, 2009 19:44

    Achei demais esse post! Eu sou praticante do Carveboard desde 2003 – e não por isso menos “mulherzinha” e amooo esse esporte!
    E como vc já citou lá em cima, as quedas são inevitáveis… mas como nós skatistas sempre dizemos “downhill é arte, ralar faz parte” … por isso é indispensável o uso de proteções, porque uma hora vc cai mesmo! E eu demorei pra me conscientizar disso, meus joelhos cheios de cicatrizes que o digam… hoje eu só ando com as devidas proteções, e até uma luva cor-de-rosa eu achei!
    Bom, fica a dica!

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: