Skip to content

ZEBRINHA…

Outubro 16, 2008

Dias atrás estava conversando com meu noivo a respeito do futuro, e eu disse que depois de casar queria fazer uma LIPO forte na barriga. Só que pro meu desgosto o bofe vira e fala: E APROVEITAR E FAZER UM TRATAMENTO NAS ESTRIAS NÉ AMOR… Posso até dizer que o NÉ AMOR deu uma aliviada na tensão criada pela dica do garoto, mas aquilo me pegou como um borraxudo quando pica no rosto… ficou feio e marcou!

Nunca achei que estrias fossem algo que fizesse o homem reparar, mas como hoje em dia todo mundo anda com as buzanfa de fora, eles reparam sim, mais que nunca!

Posso dizer que a minha sorte é que não tenho celulite ( ou não tenho muita) mas estria eu tenho,  uma vez que sou mulher, como bobagem, engordo e emagreço sempre!

E daí que depois da dica do noivo, fiquei mais esperta e to correndo atrás de alguns produtos pra essas fdp que nos deixam parecendo zebrinha!

Hoje acessei o site da BOA FORMA e lá eles publicaram uma matéria excelente a respeito de prevenção de estrias tudo bem que colocaram uma dica de cabelo no meio da matéria, que num tem nada a ver… o editor devia estar almoçando, jantando ou comendo alguém, mas enfim a questão é que estrias tem tratamento e que dá pra excluí-las de nosso corpitcho uma vez que investirmos uma grana forte… 

E ainda assim não sai muito, a não ser com  um peeling de dermo-abrazão (aquelas com lixa!)

Segue abaixo matéria em partes que considerei mais relevantes e aqui o link da matéria toda

Estrias brancas, largas e profundas

LASER FRACIONADO + SUBCISÃO (é novo!)

Como é
O tratamento começa com duas ou três sessões de laser fracionado, que promove microperfurações na pele, destruindo e aquecendo as fibras de sustentação. A função é melhorar a textura e alisar a pele. Quando os hematomas tiverem desaparecido – em cerca de 15 dias –, é feita a subcisão, um método cirúrgico ambulatorial que utiliza uma agulha com ponta cortante para descolar a derme profunda, traumatizando-a. “Isso estimula a formação de colágeno e recupera parcialmente a estria. Como o corte é pequeno, não há necessidade de pontos”, esclarece a dermatologista Cláudia Magalhães, de Recife.

O que esperar
Redução da largura e da profundidade das estrias. O resultado só aparece entre 30 e 60 dias, tempo que o colágeno demora para se regenerar.

Dói?
É comum o laser provocar inchaço nas primeiras 24 horas e hematomas por duas semanas. Após a subcisão, o local fica dolorido e com hematomas por até uma semana. Não dá para malhar por três dias e o sol fica proibido por um ou dois meses.

Número de sessões
Entre três e cinco de laser, a cada 15 dias, e uma ou duas de subcisão, com intervalo de 60 dias.

Custo médio por sessão
2 mil reais o laser e de 500 a 2 mil reais a subcisão.

 

PEELING DE COBRE + INTRADERMOTERAPIA (é novo!)

Como é
Primeiro é feito o peeling, que provoca uma microesfoliação e estimula a produção de colágeno e elastina. “O cobre reage com uma enzima da pele responsável pela produção de melanina, fazendo a estria voltar a ter a mesma tonalidade do restante do corpo”, explica a dermatologista Cristine Almeida de Carvalho, de São Paulo. Em seguida, é injetado na camada superficial um mix de substâncias capazes de reconstituir e devolver a elasticidade, firmeza e hidratação cutânea.
O que esperar
O resultado aparece, em média, após cinco sessões e a melhora das estrias varia entre 70% e 80%.
Dói?
As picadas são um pouco doloridas e deixam a pele sensível, daí a recomendação de não usar roupas justas, fazer ginástica e usar cremes ou óleos corporais no dia da aplicação. Tomar sol, só depois de um mês. Quanto ao peeling, ele deixa a região avermelhada e descamando por três dias.
Número de sessões
Quinze, com intervalo de uma semana.
Custo médio por sessão
180 reais.

 

CARBOXITERAPIA (é novo!)

Como é
“Um equipamento injeta gás carbônico no tecido subcutâneo para dilatar os vasos sanguíneos e estimular a formação de colágeno, preenchendo as estrias de dentro para fora”, diz a dermatologista Valéria Campos, de Jundiaí (SP).
O que esperar
O resultado aparece a partir do segundo mês de tratamento e a melhora das estrias pode chegar a 50%.
Dói?
A sessão de 15 minutos de picadas é dolorida, porém suportável, e quando um vasinho é atingido a região pode ficar roxa por três a cinco dias, período em que você precisa ficar distante do sol.
Número de sessões
Doze, uma por semana.
Custo médio por sessão
200 reais.

 

É caro pacaraio! mas acho que não tem satisfação maior do que olhar no espelho e não ver nada a não ser uma pele lisinha e saudável!

Eu ainda vou ver que tipo de tratamento vou fazer, mas desse ano não passa! Pena que seja tão caro!

 

Lexa

2 comentários
  1. Melissa permalink
    Outubro 16, 2008 19:27

    bahh, meus amigos sempre falam, qdo eu começo a reclamar de celulite, que se um dia eles repararem/reclamarem de celulite, é pq viraram veados! hahaha
    não adianta, é inerente à mulher ter essas porcarias, desde a wilza carla até a gisele bündchen, todas tem. ;D

    Resposta da Lexa: também nem é pretensão minha ser algum ícone de perfeição… mas que ia ser legal não ter nada, IA!KKK
    meu namorado não liga se eu to gorda, ou magra, mas a história das estrias me deixou encucada, ahahahahah!!

    mas tá bom vai…

    beijo Mel

    Lexa

  2. Gabi permalink
    Outubro 20, 2008 11:13

    olha baby… já gastei mto com tratamentos de estria e além de ser extremamente doloridos… não resolvem… amenizam um pouco mas vai morrer com elas…

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: